Perdi uma parte de mim…

Essa última noite você esteve mais grudado em mim do que de costume. Imaginei que fosse o frio, mas não descartei a possibilidade de que a sua paixão tivesse aumentado, você me amava demais. Sei que a noite toda “brigamos” pelo cobertor, mas logo achamos o nosso jeito aconchegante de dormir, como sempre o fizemos ao longo desses seis anos. Enquanto eu me arrumava hoje cedo para ir na aula, você me olhava pedindo para ir junto ou talvez pedindo para que eu ficasse. Nunca vou saber. O que eu sei – e nunca vou me esquecer – é que você tinha um dos olhares mais doces do mundo, que esteve comigo nos momentos bons e ruins.
Ao fechar o portão hoje, olhei e te vi sentado na porta da sala, com aquela cara linda, cabeça caindo de lado e os dentes tortos que tanto amei. Na minha mente e coração eu te disse “até logo meu filho”, sem verbalizar nada. A gente nunca sabe quando será a última vez que vamos ver quem amamos.

Cheguei agora a pouco em casa e fiquei sabendo que você se foi… De uma forma cruel por todos os sentidos. Você se foi e eu não tive nem a chance de me despedir de verdade. Você se foi cedo demais. Você se foi e eu fiquei, acho isso muito injusto.

Meu bebezão, como está doendo essa sua partida precoce. Eu te amei com todo meu coração todos os dias da sua vida, espero que esse amor reverbere de alguma forma no universo. Espero que eu tenha sido um bom pai, um bom amigo e companheiro, você foi único e será inesquecível.

Meu coração está em pedaços, vou ter que reaprender a viver sem você, você era meu Daemon (espírito).
Descanse em paz meu pequeno companheiro, fazes-me falta.

Anúncios
Comments
4 Responses to “Perdi uma parte de mim…”
  1. shimarts disse:

    Meus pêsames, querido…

  2. Thi, estamos EXATAMENTE no mesmo pesar. Minha cachorra (a pitbull) morreu hoje, pela manhã – no dia do meu aniversário! 😦 Ela teve um AVC ontem e não sobreviveu hoje. 😦 A dor é gigantesca, o vazio é enorme.

    Engraçado é que você disse no facebook que dois cachorrinhos te seguiram na rua em momentos diferentes esses dias. Talvez eles soubessem do Daemon e quiseram, de alguma forma que desconhecemos, avisá-lo ou confortá-lo, né?

    Estamos na luta. Força para nós dois.

    • T. Angel disse:

      Que tristeza meu amor. Força pra gente, muita força…

      Não sei nem o que dizer, pq to cheio de dores ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: