Maria: Era tão bom, que hoje ainda é bom…

Em um país (mundo?) em que a educação é privilégio para alguns e não para todas as pessoas, eu aprendi a ler, aprendi a escrever e em dado momento da minha vida aprendi a ser arrogante ao ponto de debochar de quem por ventura não dominasse tão bem a língua falada e escrita. Viver em … Continue lendo