TRINTA E SEIS

Estranho. Quando completei trinta e cinco anos eu tinha certeza que a minha vida mudaria muito dali em diante. Era uma sensação tão forte que escrevi sobre ela no texto TRINTA E CINCO. E a vida mudou. Eu sai de casa para morar só. Com o Coragem, no caso. Com as plantas, no caso. Com … Continue lendo

Trinta e três

Trinta e três anos! Enquanto alguém me dizia “o tempo voa, criança”, a vida passou… Ligeira que só ela. Estou a envelhecer. Quem me diz isso não são os cabelos brancos que carrego na cabeça e nem as rugas que trago nos cantos dos olhos, mas o próprio tempo. São nos momentos que encontro crescidas … Continue lendo

Trinta e um

Não sei quando foi exatamente que perdi o entusiasmo em celebrar festivamente o meu aniversário. Confesso que em alguns – poucos – momentos até surgem umas pontas de ânimo, penso em fazer alguma coisa pequena, mas assim como os pensamentos vêm, eles vão… Esse ano até falar sobre isso me soa meio enfadonho. É como … Continue lendo

Então eu cheguei aos meus 30 anos…

Depois de muito protelar ou de ter esperado por uma inspiração divina, eis que consegui sentar na frente do computador e iniciar um texto. Queria muito escrever algumas palavras dedicadas especialmente ao meu aniversário de 30 anos, que acontecerá agora no dia 14 de janeiro de 2012. Dentre as coisas que decidi que queria e … Continue lendo