Não se fala de boca cheia

Título: Não se fala de boca cheia
Autor: T. Angel
Ano: 2015
Integrante: T. Angel
Duração: 120 minutos

Descrição da performance:

O corpo não é um dado passivo sobre o qual o biopoder age, mas sim a potência que possibilita a incorporação protética dos gêneros. A sexopolítica não é apenas um lugar de poder, mas, sobretudo, um espaço de criação de onde acontecem e se justapõem os movimentos feministas, homossexuais, transexuais, intersexuais, transgêneros, chicanos, pós-colonias. As minorias sexuais se tornam multidões.
Paul B. Preciado

Não se fala de boca cheia é uma performance que se choca diretamente com estereótipos e valores que são socialmente construídos acerca das pessoas consideradas anormais, aberrações, pervertidas, inumanas e abjetas. Utilizando-se para isto elementos bastante comuns e cotidianos, como exemplo, comer e falar.

Assim, durante os 120 minutos de ação, T. Angel fala sobre diversidade e amor enquanto cozinha para um pequeno grupo de pessoas. Mas os anormais comem? Falam? Amam?

Quando a cozinha se torna front muito mais do que palco, as ideias tendem a se tornarem bombas de chocolate. Explodem!

flyer

_____________

ENTRADA FRANCA
Para participar da performance é necessário se inscrever pelo e-mail t.ang3l@gmail.com e aguardar confirmação. São apenas 15 lugares, então pedimos que gentilmente só se inscrevam as pessoas que estiverem certas de sua disponibilidade. Muito obrigada por sua compreensão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: