Entrevista sobre modificação corporal e minha participação na 2ª Convenção de Tatuagem de Joinville

Entrevista para a revista Joinville Ink.
____________
Nome completo: T. Angel
Idade: 32 anos
Profissão: Historia e artes
Cidade natal e atual:
Osasco, Sao Paulo

Quando falamos de modificação corporal, abrangemos diversas formas de alterar o corpo? Pode citar algumas?
De fato existem muitas técnicas e formas de se alterar o corpo. Da alimentação aos esportes, do ócio às cirurgias plásticas. Dentre todas as possibilidades existem também as tatuagens, os piercings, escarificações, implantes, que é particularmente onde tenho focado a minha pesquisa.

Quem pode fazer modificações corporais? Há idade adequada? Há restrições?
Todas as pessoas vivas passam por processos de modificações corporais o tempo todo, nesse sentido todos podemos e realmente temos feito muitas coisas. De quando nascemos até a nossa morte, passamos por esses processos todos.

Body art e body modification é a mesma coisa?
Defendo a ideia que não sejam as mesmas coisas, a body art pode acontecer sem necessariamente estar ligada com as modificações do corpo. Em minha pesquisa a Modificaçao Corporal no Brasil -1980-1990 eu discorro sobre isso e em alguns textos no FRRRKguys.com.br tenho feito o mesmo. Acho importante abrir o olhar.

Qual(is) a modificação(ões) que você considera a(s) mais radical(is)? Por quê?
O piercing já foi radical pra mim, hoje não mais. Por isso costumo dizer que vejo isso tudo como um processo de construção. Somos nós que criamos as fronteiras, barreiras e limites e em igual medida, somos nós que podemos quebrar com tudo isso. Quebrar inclusive com as fronteiras que tentam nos impor. A radicalidade não é uma preocupação pra mim, esse termo quase sempre esta carregado de um sentido pejorativo. Procuro gastar minha energia refletindo sobre essas praticas todas, afim de que eu possa construir relações sociais, culturais, políticas e artísticas.

Você é um dos convidados da 2ª Convenção de Tatuagem de Joinville. Qual sua expectativa?
Estou com muitas expectativas positivas. No ano passado participei da primeira edição e foi muito bom. Dessa vez eu retorno com muitas atividades e creio que vai ser um processo de troca muito rico. Aproveito e já deixo o convite aqui para que vocês participem da mostra de filmes, palestra e performance. Só checar a programação para ter os horários todos. Nos encontramos em breve pra conversar sobre tudo isso com mais precisão e aprofundamento. Até já!

Anúncios
Comments
One Response to “Entrevista sobre modificação corporal e minha participação na 2ª Convenção de Tatuagem de Joinville”
Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] bacanas, cobertura da convenção de novembro e ainda uma matéria comigo. Cheguei a publicar por AQUI a entrevista que fizeram para escreverem a matéria. Gostei […]



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: