Ah, Minas Gerais…

“(…) As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão

Mas as coisas findas
muito mais que lindas,
essas ficarão”
Drummond

Escrevi umas centenas de coisas e as apaguei todas. Fiz como aqueles escritores perfeccionistas do passado, que amassavam e descartavam inúmeras folhas com ideias insuficientes para expressarem o que sentiam. É assim comigo agora, como se as palavras não fossem suficientes e não são. Vou preferir guardar as memórias desses dias aqui dentro de mim. Deixo ecoar no coração a canção de Mercedes Sosa que diz “gracias a la vida que me ha dado tanto“, gratidão ecoe em todos os cantos!
Coração cheio, cheio.  ❤

 

IMG_20141010_094315 IMG-20141010-WA0032 IMG_20141010_212853 IMG_20141011_121207 IMG_86523587171181 IMG_20141012_013713 IMG_20141012_134625 IMG_20141012_133333 IMG_20141012_172021

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: