A televisão do futuro

(…) Era algum dia frio de 2021. Ela esperava por sua reunião e tinha em suas mãos uma xícara com café quente que perfumava a sala. Havia um fio de fumaça que embaçava o seu óculos. Na parede a sua frente havia uma televisão de 61 polegadas. Um aparelho super tecnológico e com uma qualidade de imagem impensável para quem conheceu os televisores de tubos, como ela.

Ela resolveu ligar a televisão e fazer uma caminhada pelos canais, como quem vira as páginas de uma revista sem prestar muita atenção. Haviam mais de 3.000 canais disponíveis! Um sorriso se desenhou no rosto da moça, que ficou imaginando quem teria tempo – e disposição – para assistir a programação de TRÊS MIL CANAIS. Quem?

Era verdade que após a ascensão da internet a televisão havia sido quase toda abandonada. Criou-se um outro método de consumir esse tipo de tecnologia, novos modelos de entretenimento. A dúvida que martelou a sua cabeça foi: mas e os 3.000 canais?

O sorriso logo se transformou em uma expressão de desconsolo e desconforto. Percebeu-se que a televisão se tornou veículo exclusivo de comunicação das igrejas cristãs e suas infinitas derivações. Na rápida passada de canais foi possível ver sobras do catolicismo em um canal, outro infantil de desenhos bíblicos, culinária cristã, gospel fashion week, GMTV – Gospel Music Television, Eurocristandade, manos e minas gospel, Cristo ink… Programas de auditório, lado B, de humor, novelas, filmes…AH! Ela acelerou a troca de canais para ver se encontrava algo de diferente e não. Bebeu um gole do café e foi amargo.

Não havia mais nada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: