Sobre puritanos

“Decerto os puritanos consideram-se as pessoas mais “morais” do mundo e, além do mais, guardiões da moralidade de seus vizinhos. Não quero ser exagerado, embora em geral o seja, mas eu lhe diria que é mais “decente” e mais “moral” o sem-vergonha reconhecido do que o puritano oficial. Seu modelo, geralmente, é a mulher daquela história… lembra? Ela ligou para a polícia reclamando que havia alguns rapazes nus tomando banho na frente de sua casa. A polícia afastou os rapazes, mas a mulher voltou a telefonar, dizendo que eles estavam tomando banho (nus, sempre nus) um pouco mais acima, e que o escândalo continuava. Mais uma vez a polícia os afastou, mas a mulher voltou a reclamar. “Mas, minha senhora” – disse o delegado – “nós os afastamos para mais de um quilômetro e meio de distância…” E a puritana respondeu “virtuosamente” indignada: “É, mas de binóculo ainda consigo enxergá-los!”.”
Fernando Savater em Ética para meu filho (p. 103)

Anúncios
Comments
One Response to “Sobre puritanos”
  1. Jully DeLarge disse:

    Largue o binoculo de lado e ceda a sua vontade de se juntar aos libertos ❤

    Lindo texto Thi!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: