Mamãe guerreira…

A gente que é pobre e depende do SUS tem que passar por algumas situações bem chatas. A minha avó atualmente está precisando passar por diversos médicos por uma série de problemas de saúde (depressão, diabetes, pressão alta, etc). Conseguir marcar essas consultas foram pequenas lutas diárias, o que implica em derrotas.
No dia do vídeo abaixo a minha mãe chegou na fila do posto de saúde daqui do bairro, antes das 6:00 da manhã e não conseguiu senha para marcar os exames da minha avó. A gente teria que aguardar mais um mês para tentar conseguir alguma senha. Ok, a saúde da minha avó não pode esperar tanto. Esta é uma espera desumana em todos os sentidos.

Minha mãe conta que nesse dia ela fez agitação com todas as outras pessoas que estavam em situação parecida. Para calhar, alguém chamou a imprensa.


Depois da exibição do vídeo temos recebido em casa a visita de funcionários da UBS. Essa semana eu vi funcionários da prefeitura limpando o entorno do equipamento de saúde, que estava coberto de mato. Ainda não temos um posicionamento sobre grandes mudanças em relação ao atendimentos aos pacientes. Mas fica aí o registro. na UBS do Jardim Roberto as pessoas são tratadas como nada.

 

Muito orgulhoso da minha mãe guerreira e sua luta (que é a minha também). São essas pequenas batalhas diárias que ajudam na transformação social da comunidade. A gente não desiste, a gente não desiste mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: