As consultas antes do transplante…

Já contei por AQUI sobre a doença que tenho nos olhos e a recente necessidade de que eu faça um transplante de córnea. Pois bem, hoje eu tive a minha primeira consulta do pré operatório. Fui certo que obteria apenas as informações sobre os exames obrigatórios (sangue, etc, etc), para que então pudesse aguardar a data da cirurgia. Ledo engano.

Uma médica ficou estudando o meu caso. Depois o médico chefe também veio analisar. Vamos aos resultados…
Por se tratar de um segundo transplante, já que eu fiz o do olho esquerdo em 2001, os riscos são maiores. Segundos os médicos, as chances de rejeição aumentam consideravelmente. O médico chefe disse que eu sou muito novo para passar pelo procedimento e, que se eu tenho uma visão boa com um único olho, talvez fosse melhor permanecer assim por enquanto. Ainda segundo eles, o ideal é que eu fizesse o transplante somente quando estivesse mais velho. A alta idade colabora no processo de aceitação da córnea transplantada.
Porém, eles foram bastante claros que a escolha é minha. Se eu achar que – mesmo consciente de todos os riscos – o transplante vai melhorar a minha qualidade de vida, eles me operam.
Um outro ponto é que dessa vez o transplante vai ser diferente do que fiz em 2001, chamado de Penetrante. De acordo com os estudos deles, o mais indicado é que eu passe agora pelo Transplante Lamelar. Todavia, como a minha córnea está bastante fina, pode ser que durante o processo ela rasgue e eles tenham que fazer o Penetrante. Tudo bem delicado.
Na hora travei. Eles me deram um mês para pensar…

Acho que já me decidi, porém, quero e vou meditar mais durante esses dias que eu tenho pela frente.
De fato pretendo operar. Sinto que não tenho nada para perder…
Não consigo enxergar nada com o olho direito que está doente. A operação ao menos vai me dar uma oportunidade de recuperar a visão… Se falhar o procedimento, ao menos tentei… Há riscos, mas há chances. Acredito que possa dar certo!
Não quero mais ficar pensando  “e se eu tivesse feito” ou me sentindo paralisado por todas as privações de uma cegueira parcial. Isso já me consumiu demais.

Agora é hora de refletir sobre qual será o próximo passo. Momento de muitas conversas com a minha mãe…
Em Maio tenho a última conversa com os médicos, onde eu irei dizer qual foi a minha decisão.
Tudo indica que possivelmente entre o final de junho e julho eu esteja operando…
Força!

Anúncios
Comments
3 Responses to “As consultas antes do transplante…”
Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] última consulta a médica me deu o prazo de um mês para pensar se eu queria ou não transplantar, depois dos […]

  2. […] AQUI eu falo um pouco sobre o transplante. AQUI e AQUI […]

  3. […] São Paulo. Minha cirurgia foi feita pelo Dr. Rodrigo T. Santos na quinta-feira passada (19). AQUI eu já expliquei que a cirurgia seria diferente da primeira. Dessa vez foi feito o transplante […]



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: