Marvel e DC comics e o combate a heteronormatividade

Sempre gostei muito de quadrinhos, desde criança. No começo era apaixonado pelas capacidades sobre humanas, os super poderes, a capacidade de voar de alguns, as peles coloridas e etc… Hoje a minha paixão – além de todas aquelas outras – é por algo mais simples e diria que bastante humano, demasiado humano: a homossexualidade.
Considero de uma extrema importância essa postura da Marvel e da DC Comics em criar personagens gays – coisa que eles fazem já faz tempo – e de explorar temas tão discutidos atualmente como o casamento entre pessoas do mesmo sexo. É assim que o mundo muda.
É de aplaudir e comemorar a postura das empresas. Aqui no site da UOL tem uma matéria falando mais sobre o caso.

Obviamente que os conservadores tentam de todo modo impedir que isso aconteça, reproduzo abaixo uma frase que achei bastante demonstrativa:

“Crianças desejam ser como os super-heróis. Crianças imitam suas ações e até se vestem para lembrar esses personagens o máximo que puderem. Você pode imaginar garotos dizendo que querem ter um namorado como os X-Men? Isso é ridículo. Por que homens gays adultos precisam de super-heróis como modelos? Eles não precisam, mas querem doutrinar mentes de jovens impressionáveis colocando esses personagens gays em um pedestal sob uma luz positiva. Estas empresas influenciam fortemente nossa juventude através desses super-heróis para fazer uma lavagem cerebral e fazê-los pensar que o modo de vida dos gays é normal e desejável. Como cristãos, sabemos que a homossexualidade é um pecado.” (Fonte: Plano Crítico)

Lembro de ouvir que o Maurício de Sousa foi questionado em uma palestra na USP do motivo pelo qual não criava personsagens gays em seus quadrinhos e ele mencionou que em 2009 criou um personagem que “poderia ser gay” (O Caio na revista da Tina) e que foi super mal aceito pelos leitores, que recebeu muitas cartas de famílias criticando o trabalho e ameaça de boicote. Como pra ele era mais importante vender quadrinhos do que entrar em qualquer briga, o personagem sumiu. Por mais que em agumas matérias do período ele tenha dito que daria continuidade.
Fiquei enojado quando ouvi isso… Mas enfim, achei por bem comentar o fato por aqui para demonstrar que defender o fim da heteronormatividade não é algo tão fácil como parece.

Enquando o senhor Maurício de Sousa foi um péssimo exemplo, temos a Marvel e a DC anunciando que mais personagens “sairão do armário”.
Espero que para nunca mais voltar!

Anúncios
Comments
One Response to “Marvel e DC comics e o combate a heteronormatividade”
Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] gay! Recebi a notícia com muita alegria, como não poderia deixar de ser! Recentemente escrevi por aqui sobre a  importância dessas ações da DC e da Marvel  pró-diversidade sexual […]



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: