Universal lança cartão de crédito. Hey, espere…

Antes de ser ateu, eu sou um cidadão consciente do meu papel na sociedade.
Para mim o cristianismo (como religião e/ou instituição) não é o caminho. Mas respeito toda e qualquer pessoa que escolhe seguir por essas vias, pois não cabe a mim julgar ou decidir o que é melhor para o outro. A fé é tão particular…
Todavia, esse tentativa de formação de um Estado evangélico (com todas as suas derivações) tem me assustado e muito. Na verdade, o fanatismo de toda espécie me deixa um bocado amedrontado. Olhemos os exemplos do passado…
Hoje ao ler essa notícia sobre o cartão de crédito lançado pela Universal, me senti ofendido como cidadão. Senti dores por aqueles que não conseguem discernir uma pedra de um elefante.
É tão claro o quanto essa instituição usa o nome do Deus em vão – e da maneira mais vil possível – e os seus seguidores simplesmente não conseguem ver.
Eu me sinto agredido em ver as pessoas sendo enganadas e ainda criando os mais absurdos discursos para defender essa “usurpação” como algo bom.

Veja bem, não tenho problema algum com o pai, o filho e o espírito santo… Acho até que é possível construir muitas coisas lindas através destes…
Mas esses pseudos homens santos me enojam…

Acordem meu povo, vocês estão sendo roubados e não falo só em dinheiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: