A primeira experiência com a knee suspension, 6 anos depois…

Era meu aniversário, 24 anos…
Eu estava feliz, apaixonado e vivendo com toda a intensidade que podia naquele momento.
Depois de uma longa noite comemorando o “meu dia” com um monte de gente amada, fui para convenção de tatuagem de Sorocaba. Fiquei hospedado na casa da Patê junto da Kika e do Pew. Quantas memórias boas. Quanto mais eu lembro, mais me emociono.


Era um final de semana quente no interior de São Paulo.
Lembro que chegamos lá a noite e tinha um rapaz fazendo uma suspensão pelos joelhos. Coisa linda de ver.
No outro dia acordamos cedo, nos arrumamos e corremos para convenção, era o grande dia!
Meu amigo Tárcio realizava belas suspensões no centro da convenção. Conheci então o Léo, que estava dando uma força nas suspensões.
Nada muito glamouroso como nos dias de hoje, o evento era em uma quadra esportiva e que por falha de memória não me recordo o nome do local.


Risadas entre amigos, muita água por conta do calor…
E o frio na barriga bem típico dos minutos que antecedem os ganchos…


Acertamos as questões das suspensões… Pew faria um suicide, Tárcio um knee  e eu igualmente faria pelos joelhos.
Maior receio do mundo, sempre tive aflição em ficar de ponta cabeça, achava que não me daria bem com isso.
Primeiro foi o Pew, ele próprio puxou sua corda e foi tão rápido que não tive tempo de vê-lo saindo do chão… Quando olhei lá estava ele há 2 metros de altura. Sensacional!


Depois foi o Tárcio, sempre me impressiona… O pequeno tem uma adaptação absurda com a suspensão, coisa linda mesmo de ver. Muito forte!


Chegava a minha hora. Tudo correu muito bem, foi uma experiência maravilhosa, intensa e muito especial.
Durante a suspensão, surpreendi a minha querida amiga Kika com um baita beijão no maior estilo Spider Man, muita doçura!



E você que está me lendo – se é que alguém lê as minhas baboseiras – deve estar pensando: por que diabos falar sobre tudo isso agora? Bem, estava olhando meu arquivo de vídeos enviados no youtube e encontrei 2 micros registros desses momentos. Fiquei pasmado por já ter passado quase 6 anos que tudo isso aconteceu.
Quanta coisa mudou nesse tempo todo. Como o tempo voa rapaz…

Estou nas vésperas do meu aniversário, 30 anos…
Eu estou feliz, apaixonado e vivendo com toda a intensidade que posso nesse momento.
Por incrível que pareça – a vida é absurdamente espantosa –  Sorocaba é possivelmente o destino que irei durante essa “celebração”. E se anos atrás alguém me contasse isso eu possivelmente daria risada e falaria “é nada”…
Vai entender esses processos do destino…

Para finalizar, só queria expressar aqui todo o meu carinho e respeito para as pessoas que fizeram parte desse dia.  Alguns eu tenho mais contato, com outros menos… E sem demagogia alguma, se faz importante repetir que carrego vocês em meu coração.
Pewzin meu broda, Kiks minha linda eu amo vocês meus amigos!

Ps. Tive que olhar meu fotolog aqui para ler como relatei esses momentos no calor da vivência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: