Burn Burn

Título da performance: “Burn Burn”
Autor: T. Angel
Performer: T. Angel

Ano: 2010
Sobre:

É um constante déjà vu.
Eu sento leio as novas que são tão velhas.
Estou certo que o tempo passa, mas não tão certo se as cabeças acompanham. Que rolem as cabeças…
Enlouqueço.
Queimem filhos da puta, queimem o seu tempo…
Queimem as suas novas…
Queimem as suas velhas…
Queimem as suas virgens…
Queimem as suas putas…
Queimem, queimem…
O tempo inteiro eles dizem como você deve ser e quase é sempre aquilo que você não é. Aquilo que você nunca será.
Troque sua gravata por um salto alto…
A palidez do lábio morto pelo sorriso de um palhaço…
Tire suas roupas e jogue-as ao vento…
Você não está livre…
Você pode ser livre…
Eles te ensinam tudo aquilo que é conveniente pra eles…
Eles te dão tudo aquilo que é conveniente pra eles…
Querem sua cabeça e sua alma…
Querem comer o seu cu. Cru…
Queimem filhos da puta.
Queimem, queimem…
Eles te calam…
Eles te cegam…
Eles te estupram…
Cinzas.

Fotos: Frank Carvalho

Fotos: Gabriel Caram


Performance que integrou o Hurt Fest de Belo Horizonte em Dezembro de 2010.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: