FUR

Título da performance: FUR
Autor: T. Angel
Performer: T. Angel
Year: 2005
Sobre: Performance apresentada em 14/09/2005 na disciplina de “Expressão Corporal”, sob a orientação da professora Raquel Ornellas, do curso de Moda da Universidade FMU, São Paulo.
Através de FUR, o performer busca questionar e provocar uma reflexão acerca do consumo de pele animal dentro do mercado da moda. 
A ação inicia-se com o artista suturando os próprios lábios, fazendo uma referência ao pacto de silêncio que é criado e introjetado pela sociedade de consumo ocidental.
Acompanhando uma trilha sonora que passa da calmaria à batidas distorcidas e descompassadas, o performer segue com a ação.
Deixa a sutura de lado e inicia uma série de cortes no próprio corpo, abrindo pequenas fendas na carne. Servindo-se de seu próprio sangue, escreve algo em um pedaço de tecido e segue e sangra. Levanta-se do chão, e recolhe diversos bichos de pelúcia rasgados, mutilados, atravessados por ganchos e caminha arrastando-os pela platéia presente. O sangue do performer se mistura com os bichos mutilados e ambos sangram pelo espaço. Aos poucos o artista se afasta da platéia retirando a sutura que o impedia de gritar. Deixa de lado os bichos ensanguentados e se cobre com o pedaço de tecido que outrora escrevia com o seu próprio fluído. Eis que é possível ver a palavra PELES, rasurada por um grande X. Ainda que em profundo silêncio, esse foi o grito do performer. Silêncio barulhento, da arte que não se cala.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: